O jeito certo de lidar com as birras do adolescente

Sejamos honestos – ser pai é um dos trabalhos mais difíceis do mundo e lidar com um adolescente vem com seu próprio conjunto de desafios. Um minuto, eles podem estar conversando alegremente com seus melhores amigos no telefone e no outro minuto, eles podem estar saindo da sala só porque você pediu que eles completassem o dever de casa. Suas mudanças de humor podem ser imprevisíveis e discipliná-las não é moleza. Para tornar seu trabalho um pouco mais fácil, aqui estão cinco dicas inteligentes para lidar com as birras do adolescente.

Definir algumas regras básicas

Todo relacionamento precisa de algumas regras básicas para mantê-lo saudável e criar um relacionamento, o mesmo acontece com o seu filho. Estes podem ser o tempo esperado para voltar para casa, ajudar nas tarefas domésticas, jantar junto com a família, administrar os trabalhos de casa, gastos mensais, hábitos online, sair com os amigos, etc. Certifique-se de que você é um pouco flexível em sua abordagem e aprecie (e recompense) seu adolescente por bom comportamento.


Seja um amigo


Em vez de exagerar ou julgar seu adolescente por suas ações, tente se tornar seu amigo. Lembre-se, seu filho está explorando o mundo em sua adolescência e fazendo sua própria percepção sobre as coisas. Desenvolva uma equação amigável com eles, onde eles confiam em você o suficiente para confiar seus segredos mais profundos. Junto com isso, não se esqueça que eles estão lentamente entrando no mundo dos adultos e precisam de seu espaço pessoal.

Encoraje a atitude certa

Metade do trabalho é feito se você puder ensinar seu adolescente a desenvolver a atitude correta. Ajude seu filho a desenvolver uma visão positiva em relação à vida e incentive-o a procurar soluções, em vez de cribbing sobre os problemas desde tenra idade. Quando estiverem de bom humor, converse com eles sobre como eles podem canalizar sua energia para atividades construtivas como esportes, pintura, dança ou o que lhes interessa. Isso é algo que os ajudaria a se tornar uma pessoa equilibrada e focada na vida, e seu filho agradeceria por isso!

Reaja da maneira certa

Seu relacionamento com seu filho é uma via de mão dupla e, portanto, a maneira como você se comporta ou escolhe reagir a situações também afeta seu comportamento. Antes de dar sua opinião sobre qualquer coisa, tente estar no lugar deles e explicá-los logicamente. Os pais são os primeiros professores do garoto, então fique atento ao idioma que você usa na frente deles. Também elevar sua voz não é a ferramenta para enfatizar seu ponto. Uma conversa simples e educada faria com que entendessem melhor o seu ponto.

Seu estilo parental

Em vez de pressionar seu filho adolescente para ter um melhor desempenho em estudos ou atividades extracurriculares, encontre maneiras de motivá-lo. Lembre-se, toda criança é diferente e compará-los a qualquer um, até mesmo seus irmãos, faria mais mal. Uma das razões por trás de sua natureza irritada pode ser seus altos níveis de expectativa que podem ser difíceis de igualar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *